Conlang
Advertisement

O Babm é uma língua auxiliar a priori criada pelo japonês Fuishiki Okamoto em 1962.

Morfologia[]

Todos os substantivos, salvo exceções, consistem de quatro letras, das quais a primeira uma "letra breve", a segunda ou a terceira uma "longa" e a última outra breve.

Todos os verbos têm três ou quatro letras; todos os seus "complementos", isto é, os adjetivos e os advérbios, começam por c.

A vogal u tem a função de prefixo negativo (nos complementos, depois do c).

Há uma grande variedade de afixos, inclusive um afixo especial para intensificar o sentido do comparativo e outro para derivar verbos dos comparativos intensificados.

A conjugação inclui vários afixos modais: de continuação, transitividade, probabilidade, repetição, começo, causa, esperança, ordem, pedido, expectativa etc.

Vocabulário[]

As palavras correspondentes a uma mesma classe de significados se assemelham. Por exemplo, animais:

  • bomb, bicho em geral;
  • bomd, porco;
  • bomf, ovelha;
  • bomg, cavalo;
  • bomj, cabra;
  • bomk, baleia;
  • bomo, gado em geral;
  • bomt, girafa.

Espécimes[]

  • Capm sah sig va
  • A difusão do Babm é nossa obrigação.
  • Cmim padm meg
  • A prática pessoal da moralidade deve ser feita.

Referências[]

  • Okamoto, Fuishiki. Universal Auxiliary Language Babm. Tokyo: edição pelo próprio autor, 1962.
  • Rónai, Paulo. Babel & Antibabel. São Paulo: Perspectiva. 1970, págs. 43-45
Advertisement