Conlang
Advertisement

A Língua Salveana (ou conhecida simplesmente por salveano) é uma língua ficcional criada em novembro de 2012 por Gabriel Yared e se encontra em desenvolvimento. O salveano é usado em projetos de contos e livros sobre povos que falavam línguas românicas que por volta do século IX d. C. atravessaram um portal para uma realidade alternativa e se miscigenaram com os povos já existentes por lá. Além disso, é projeto do autor usá-la como língua lúdica entre os amigos.

A língua salveana se desenvolve de um romance parecido ao italiano, com influências provençais e galego-portuguesas, além da influência de línguas de povos também ficcionais, como o halverso (língua falada em Salvília, território pelo qual se conhece o Estado Salviliano cuja língua oficial é o salveano), origiano (principalmente na porção sudeste de Salvília, por influência dos origianos que se avizinham) e voluntinos (ao nordeste).

O nome salveano vem do poeta Lucius Salve, que foi também um gramático empenhado em reunir vocábulos de todas as regiões de Salvília para mantê-las registradas na língua. Na formação do Estado de Salvília, o rei Landris IV instituiu a gramática de Salve como modelo padrão da língua.

Para um uso mais prático da língua, palavras de idiomas reais podem ser apropriadas e adaptadas para a ortografia e fonética da língua.

Gramática[]

Tem suas bases no latim e português. Possui 7 casos gramaticais (sendo 4 flexionados em singular e plural e 3 uniformes). Possui voz ativa e passiva, sendo a conjugação apenas ativa. Os substantivos e adjetivos se flexionam em número e gênero, sendo este último três: masculino, feminino e neutro. O gênero neutro se aplica principalmente a adjetivos relativos a seres animados, e seu uso é restrito a situações em que há referência a indivíduos de mais de um gênero

Casos Gramaticais[]

Palavras em salveano sofrem mudanças desinenciais dependendo de sua função sintática na oração, assim como em latim, grego, russo, entre outras, mas seguindo principalmente o modelo da primeira.

Casos flexionais em número[]

Existem quatro (ou sete, tendo em vista que pode-se considerar alguns casos de mesma forma desinencial diferentes ou iguais) que flexionam-se em singular e plural.

[]

Caso Nominativo[]

Expressa a ideia de sujeito ou predicativo do núcleo do sujeito. O elemento que pratica a ação verbal.

[]

Advertisement