Conlang
Advertisement

O Zulbreth foi desenvolvido por Ingvar Tvatand nos anos noventa. Este idioma artificial pretende principalmente usar as raízes monossilábicas de las lenguas germânicas para dar un aspecto de língua fluida. Escreve-se mediante un alfabeto rúnico adaptado. Seu nome significa "sopro da alma".

O nome "zulbreth" pertence à primeira etapa na qual o idioma nutriu-se de raízes germânicas. Posteriormente sofreu uma transformação na qual o sistema vocálco adquiriu funções semânticas e hoje as palavras que formaram o nome do idioma passaram a ser 'zel' e 'brüth'. O nome correto deveria ser 'zelbrüth', mas, devido à tradição, o nome do idioma permaneceu imutável.

Fonemas[]

Vogais[]

Vogal SAMPA AFI Observações
a [a, A] [a, ɑ]  
e [e, E] [e, ɛ]  
ë [@] [ə]  
i [i] [i]  
o [o, O] [o, ɔ]  
ö [2, 9] [ø, œ]  
u [u] [u]  
ü [y] [y] também transcrito como y


Diferentemente das línguas germânicas, o zulbreth não distingue entre vogais curtas e longas. O sistema vocálico distingue oito vogais, as quais sofrem uma abertura em sílabas fechadas (terminadas em consoante).

Consoantes[]

Consoante SAMPA AFI Observações
b [b] [b]  
c [ts] [ʦ]  
ch [tS] [ʧ]  
d [d] [d]  
dh [D] [ð]  
f [f] [f]  
g [g] [g]  
gh [G] [ɣ]  
h [h] [h]  
j [j] [j]  
k [k] [k]  
kh [x] [x] transcrito x en antiguo zulbreth
l [l] [l]  
m [m] [m]  
n [n] [n]  
ng [N] [ŋ]  
p [p] [p]  
r [4, R] [ɾ, ʀ]  
s [s] [s]  
sh [S] [ʃ]  
t [t] [t]  
th [T] [θ]  
v [v] [v]  
w [w] [w]  
x [dz] [ʣ]  
xh [dZ] [ʤ]  
z [z] [z]  
zh [Z] [ʒ]  

Estrutura da sílaba[]

Os monossílabos têm a estrutura básica CVC, mas podem incorporar consoantes líqüidas intermediárias:
(L)C(L)V(L)C(L).

Escrita[]

O zubreth é escrito com caracteres rúnicos. Baseia-se em runas nórdicas modificadas, organizadas e reestruturadas segundo seu valor fonético e hoje guarda pouca semelhança com as runas primitivas.

Zulbreth2007

Alfabeto Zulbreth

Existe um método de transliteração que usa o alfabeto latino e outro que usa o alfabeto cirílico. O conjunto de runas, que compreende letras, números e sinais de pontuação, é conhecido pelo nome de sistema de escrita rúnico adaptado erroneamente também denominado alfabeto rúnico adaptado ou ARA.

O sentido da escrita é livre. Pode-se escrever da esquerda para a direita, da direita para a esquerda ou em boustrophedon. Devido a esta liberdade, colocam-se na primera linha dois triângulos para indicar o sentido das duas primeiras linhas, que se repetirá ao longo do texto. Em conseqüência deste sistema, nos textos transcritos se começa por colocar dois pontos (:) no início do texto.

Ortografia[]

No se usam maiúsculas exceto para os nomes próprios, de pessoas, lugares, nomes de seres mitológicos e deuses.
:za Karl. "Carlos" (antropônimo).
:ze Dzeüs. "Zeus" (teônimo).
:zo Athene. "Atenas" (topônimo).
:vre khrast du nüm has beg az ze Dev. "Os cristãos chamam seu deus de Deus" (onde beg é tratado como nome comum).

Não se escrevem con maiúscula os nomes de etnias, culturas ou línguas.
:dhu tsotsil zün dhu maja sprükh "O tzotzil é uma língua maia"
:dhu katalan falk du lüf in zo Span kong "O povo catalão vive na España."
:dhu arab sprükh du sprükh in zo north Unfrost eth zo zoth Azi "O árabe é falado no norte de África e no sul da Ásia."

Morfologia[]

As raízes desta língua baseiam-se no consonantismo comum às línguas germânicas e o vocalismo adota certas regras segundo sua natureza.

Fonomorfemas[]

Quando uma vogal aporta um valor semântico falamos de morfema fonético ou fonomorfema.

a para seres vivos fadh, "pai"; bradh "irmão", valf "lobo"
e para seres sobrenaturais, mitológicos, fantásticos: "beg" deus, Dev "Deus", Fedh "Deus pai"
o seres inanimados ston "pedra"
ö ações mentais thöt "pensar"
ü ações corporais rün "correr"
i ações energéticas fil cair, rig chover
ë qualidades, formas. shën "belo", smël "pequeno"
u indeterminado

Gênero[]

En zulbreth existe uma grande variedade de matizes quanto ao gênero gramatical.

  1. Inanimado / Animado
  2. Pessoa / Animal / Sobrenatural / Coisa
  3. Assexuado / Masculino / Feminino / Ambos / Indistinto (Qualquer dos dois) / Indistinguível (Masculino ou feminino, mas o falante não sabe, não pode ou não quer determinar o sexo)

Nomes próprios[]

Usa-se um determinativo que apresenta o nome próprio:

  • za para pessoas.
  • ze para seres sobrenaturais.
  • zo para nomes próprios de topônimos e astros .
  • zi para fenômenos naturais, como furacões.

Espécimes[]

:akh gün të zoj.
(Eu ir a mar)
Vou ao mar.

:jest akh zük akhs madh bej thajs hoz
(Ontem eu ver minha mãe perto-de tua casa)
Ontem vi minha mãe perto de tua casa.

:?hvë zün thajs nom.
(Quál ser teu nome?)
Como você se chama?

Ligações externas[]

  • Conlang Wikia (Inglês) - Zulbreth [1]
  • Conlang Wikia (Inglês) - Zulbreth vocabulary [2]
  • Conlang Wikia (Inglês) - Zlb: Writing system [3]
Advertisement